viajo entre esta geografia, a saudade e um pedaço do teu olhar. perdoa-me por não saber o que fazer, mas a saudade também é uma vertigem do meu próprio corpo. este sonambulismo faz-me rasgar os campos que percorro, todos os dias, e no mapa das minhas mãos assinalo os lugares por onde passei. viajo para matar a saudade.


synkro - departure (fonte: youtube.com)

0 comentários: