esta música está a passar. e pela minha cabeça passa a possibilidade de podermos estar os dois juntos. sozinhos. a ouvir esta música. procuro adivinhar o que poderemos sentir, fazer, ler nos olhos um do outro. no corpo um do outro. tenho momentos, como este, em que quero tanto, tanto vencer a distância que nos separa. tomara ela ser tão pequena como a outra distância, a distância que nos é imaterial e que a controlamos apenas com a nossa vontade.

preciso do teu olhar de mar. preciso de ti. do teu corpo, da tua pele, do teu calor. preciso do teu marulhar, da tua salsugem. da tua pele coberta de sal. coberta pelo sal da minha transpiração. preciso de ti neste instante de silêncio. preciso de ti, agora, quando o meu sangue chama pelo teu. quero desenhar um beijo no teu corpo. quero passar os meus dedos pelos teus. lentamente. como se não houvesse tempo. com a minha vontade bater-se contra a tua. ora pujante, ora suave. noite dentro. horas a fio. quero o sabor da pele. quero o sabor da tua saliva. quero sentir o centro do teu corpo, a gravidade da tua alma. e, nesse momento, fundir-me em ti, através dos teus poros, do teu olhar, da tua boca e do teu sexo.

agora acordei. 

foi a tua voz, no interior do meu corpo, que me deixou estremunhado. até já.


windy & carl - remember (fonte: youtube.com)

0 comentários: